O sol quase se despedindo

O sol quase se despedindo

NOVO BLOG

NOVO BLOG
Clique aqui para ir o Blog

Descobri o que me faz feliz,

Ler, ouvir música, escrever, cuidar da casa, plantar, meditar, fazer joalheria artesanal, ficar com a familia e amigos,viajar, brincar com meus amiguinhos de quatro patas, ir ao cinema, cantar mantras (bem desafinada infelizmente), fotografar, cozinhar, estudar e experimentar novos sabores com ervas curativas, conhecer as pedras brasileiras...

-------------------------------------------------------------

Fico feliz em saber o que você pensa, deixe seu comentário.





quinta-feira, 15 de julho de 2010

Que a justiça se cumpra em Florianópolis

Desde que recebi a noticia de um estupro em Florianópolis, onde os agressores são adolescentes da classe econômica privilegiada, tenho acompanhado o caso e posso dizer que é assustador a vertente escolhida por adolescentes aparentemente com todas as condições de um comportamento digno, que por algum motivo decidiram o caminho da auto destruição e também a devastação alheia, mas que apesar dos terriveis fatos devem ser tratados como adolescentes em situação de risco, sem o esquecimento de que as medidas legais devem ser cumpridas, para evitar que os mesmos fatos não se repitam, pelo descuido e banalização da vida.

Posso também afirmar que fico imaginando a dor de todas as familias envolvidas no caso, porque um fato como esse pode destruir ou abrir feridas que não mais se fecharão. Compadeço com a familia dos agressores porque posso imaginar a tristeza e desgosto de pais que sonhavam para seus filhos um futuro feliz, porque creio mesmo que fosse esse o desejo, mas minha preocupação, acolhimento e compaixão quer abraçar a adolescente agredida com extrema crueldade e toda sua familia, que deve ser preservada, porque creio que um acontecimento como o que acorreu fragiliza e desespera o nucleo familiar e somente o tempo e um mergulho profundo no significado da vida poderá restaurar a confiança e esperança na humanidade.

Não me agrada o sensacionalismo em torno de acontecimentos como esse, mas espero como tantas outras pessoas que a justiça seja cumprida, porque somos todos filhos dessa NAÇÃO e possuidores do direito de proteção do Estado, que não pode ser parcial,ele só precisa cumprir o seu papel, o de ser JUSTO, porque senão estaremos todos perdidos numa noite escura.

Não considero aceitável o cultivo do ódio e vingança porque êle é completamente desnecessário e miserável , completamente diferente do nosso potencial divino e humano,podemos agir como uma sociedade adulta e exigir de forma serena que a justiça se cumpra senão...podemos considerar que como sociedade perdemos completamente a INTEGRIDADE.

12 comentários:

  1. Oi Sonia,
    primeiro brigadinha pela visita e pelo comentário no meu bloguito.

    Bom esse caso de Floripa está deixando o Brasil todo indignado...eu mesma me pergunto até que ponto a justiça é cega??? Será que a visão dela aumenta de acordo com a classe social das pessoas???

    Vamos torcer para que a justiça seja feita!!!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia, obrigada pela visita e comentário.
    Confio que a justiça será feita.
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente Sonia. Percebo na conversa das pessoas na ruas e coletivos o quanto nossa sociedade é vingativa. Ouço estarrecida defesas de pena de morte e outras coisas. poucos se preocupam com a Justiça e menos ainda se lembram que todos têm direito a um julgamento. A nossa polícia e a mídia retratam o suspeito como culpado e por aí condenam sem o amplo direito de defesa. Acredito sempre que uma sociedade sadia poderá sim recuperar as pessoas. Mas me preocupo com uma sociedade como a nossa que mantem cadeias como pocilgas e universidades do crimes (onde estão preso em sua maioria, pobres). Certamente pagaremos a conta disso tudo mais tarde. Adorei sua abordagem. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Realmente mãe, vc escreveu a pura verdade....

    Bjs

    Dega

    ResponderExcluir
  5. Concordo com vc Giovanna,
    precisamos mesmo saber que a justiça é possível e que somos os grandes protagonistas do seu sucesso.
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. OLÁ,
    Passo pra desejar-lhe ótimo fim de semana e dizer-lhe que há um selinho especial pra vc amanhã, querida.
    Fique com Deus!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Orvalho do céu,
    obrigada pelo comentário, um ótimo final de semana para vc também e muito obrigada pelo selo.
    Amanhã passarei para recebê-lo.
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  9. Concordo plenamente com o que você escreveu, Sonia. A dor que resultou desse fato nos atinge a todos, profundamente. E essa dor pede justiça.
    abraços,
    Tânia

    ResponderExcluir
  10. Olá amiga.
    obrigada pelo comentário.
    Certamente que não é uma alegria mas, uma necessidade. Como não estamos fóra do processo, que possamos fazer nossas preces e pedir a Deus que ilumine cada coração.
    Um gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  11. Sonia

    Eu acredito que as leis no nosso país são muito brandas e acabam favorecendo esse tipo de coisa.Se as leis fossem mais justas,certamente não haveria tantos sequestros,tantos estrupos,as pessoas pensariam duas vzs antes de cometer um delito.
    Mas o mal do mundo,está no uso indiscriminado das drogas.As drogas estão acabando com os nossos jovens,bebida então,nem se fale.
    Desde o momento que criaram essas festas de Peões,o aumento de bebidas alcóolicas tríplicaram,é uma coisa vergonhosa.Lembro de uma única festa que fui há muitos anos atrás,quando ainda morávamos em São João da Boa Vista,uns amigos nossos foram para lá e quiseram ir na festa e fomos para acompanhá-los.Acredita que nunca esqueci aquela festa?
    Fiquei estarrecida de ver meninas adolescentes,bêbadas caídas pelo gramado,meninos fumando maconha em todos os lugares,consumindo bebida alcóolica ,vinho e outras bebidas mais fortes,todos alcoolizados,um verdadeiro campo de batalha.
    Imaginem hoje em dia,onde tudo é liberado,só me resta rezar para que mais famílias não sofram,mas também é resultado do desmantelamento das famílias,é um problema social.Não é possível que dentro de uma família sadia,haja elementos capazes de tanta crueldade,eu acho inadimissível acontecimentos como esses,tem que haver um motivo,porque não são pessoas normais,que agem dessa maneira.
    Estupro,sequestro,pedofília não deveria ter perdão.Eu me coloco no lugar de uma mãe,que já passou por isso,rezo para que nunca me aconteça,porque com toda religiosidade que tenho,eu jamais perdoaria elementos desse tipo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Sonia,
    vc descreveu com clareza o que está acontecendo.
    Posso imaginar a destruição depois de fatos tão terriveis.
    Acredito mesmo que precisamos voltar...muito,pensar na nossa vida como propósito de alegria e responsabilidade,valorizando os gestos e sentimentos.
    Gde abraço querida e obrigada pela visita.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir


Contador de Visitas